OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS EM LOGÍSTICA REVERSA - 1ª Parte

         O crescimento das quantidades a serem operacionalizadas pela Logística Reversa em suas duas áreas (Pós-Venda e Pós-Consumo) abre uma avenida de negócios, novos ou com possibilidade de adequação nas áreas. Mostraremos em vários capítulos (posts) estas possibilidades que ajudarão nossos leitores em um momento de enorme procura por empresas e cidadãos por atividade bem remunerada. Sempre me coloco à disposição de meus leitores para melhores informações e troca de idéias.

 

        Quando se fala em Logística Reversa imediatamente parece que estamos nos referindo àquela área que se ocupa do retorno de produtos usados e descartados, que denominamos Logística Reversa de Pós-consumo, nem sempre lembrando que existe um caudal de mercadorias que retornam do mercado sem terem sido utilizadas, que denominamos de Logística Reversa de Pós-venda.

    Quando não considerada perde-se a ocasião de entender um setor de extrema importância econômica que exige das empresas organização e planejamento da Logística Reversa para minimizar os seus custos, e ao mesmo tempo as possibilidades de negócios que se desenvolvem diariamente nos mercados de toda natureza.

    Procuraremos mostrar em grandes linhas as oportunidades de negócios oferecidas pela Logística Reversa em suas duas áreas de atuação, constituindo-se de atividades lucrativas por si sós ou de atividades de prestação de serviço ou de terceirização, bastante comuns nestas duas áreas da Logística Reversa. Observe o leitor que, em alguns casos, a atividade ou oportunidade de negócios aqui tratada, se aplica aos dois campos da Logística Reversa.

                           

 Negócios típicos de Logística Reversa de Pós-venda

 

       No retorno de mercadorias ainda não consumidas as empresas que levaram o produto para o mercado serão as mesmas que cuidarão de seu retorno implantando a Logística Reversa de pós-venda. Retorno por erros comerciais puros, por defeitos do produto, por avarias, por excesso de estoque, por desistência da compra, entre outros motivos.  

Negócios envolvendo o Call center ou SAC = normalmente é uma área terceirizada, mas nenhuma dificuldade em ser própria desde que a escala de atividade seja suficiente para a empresa fornecedora. Responsabiliza-se pelo primeiro contato no retorno dos produtos podendo funcionar em qualquer elo da cadeia de suprimentos. Poderá efetuar diversas funções, mas principalmente receber as informações necessárias para a correção da falha operacional que justifica o retorno da mercadoria. De alta responsabilidade pois dependendo do procedimento adotado pela empresa haverá reforço de imagem da empresa junto ao cliente ou a perda desta. Necessita ter sistemas administrativos e procedimentos que permitam acionar as áreas competentes para a operação de retorno dos produtos.

Negócios envolvendo Sistemas de informação e Aplicativos: deve estar previsto para inúmeras funções, mas inicialmente para a recepção da informação do call center sobre a lista de produtos a serem retornados (preferível ter codificação por produto e tipo de problema), localização da(s) coleta(s), quantidades envolvidas em cada caso , necessidade de reposição da mercadoria, etc.

Return Merchandise Authorization (RMA) ou Autorização de Devolução de Mercadoria (ADM) é o documento informativo dessa transação entre o cliente  e seu fornecedor.

Neste caso a oportunidade de negócio se revela no desenvolvimento de software específico ou de aplicação de existente, software de coordenação interna e externa de todas as operações de retorno de mercadorias, sistemas de codificação com código de barras ou RFID, entre outras possibilidades, consultorias especializadas também aparecem como de interesse.

Negócios envolvendo a Coleta e transporte: também podendo ser própria ou terceirizada esta atividade reveste-se de complexidade normalmente elevada pois os níveis de capilaridade das coletas variam em função do tipo de produto e das empresas envolvidas.

A oportunidade de negócio se revela pela competência de trabalhar com eficiência nesta complexa atividade, pois como sabemos, o transporte perfaz de 50% a 60% dos custos da logística. Equipamentos adequados a cada situação de coleta, tipo de veículo, roteirização adequada, características da carga de retorno (fragilidade, periculosidade, densidade, entre outros aspectos logísticos). Do RMA será gerado a designação de toda a operação de coleta e seu agendamento nos clientes, o que será função de uma área de planejamento da Logística Reversa de pós-venda. A grande maioria de empresas prefere terceirizar estas operações por não possuírem escala suficiente deixando a atividade a quem é mais especializado, além de permitir conhecer os verdadeiros custos das mesmas.    

Negócios envolvendo Consolidações e Armazenagem: em todas as operações logísticas a previsão do roteiro envolve necessariamente estas operações que poderão ser de períodos de tempo diferentes, no entanto quanto mais rápidas estas operações será melhor para a eficiência e a satisfação do cliente. Podem ser utilizadas áreas e locais da empresa fornecedora ou de terceiros, sempre tendo o cuidado de não misturar o retorno de mercadorias com aquelas que estão indo para o mercado.

As oportunidades de negócios de revelam muitas e variadas, desde a disponibilização de áreas para curtas estocagem até a possibilidade de oferecer serviços adicionais de reembalagem se se fizer necessário, pequenos consertos ou reparos, recepção e destinação sob orientação do fornecedor, entre outras.

 

        Percebe o leitor por este pequeno resumo a enorme possibilidade que está se abrindo em Logística Reversa, função do aumento de quantidades a serem tratadas em suas duas áreas.

        As seguintes áreas de negócios da Logística Reversa de Pós-venda serão examinadas em um próximo post: Reparos e consertos; Testes diversos; Seleção de destino ; Mercados secundário; Leilões, Liquidadores ou broKers

        Da mesma forma serão examinadas em posts seguinte as oportunidades em Logística Reversa de pós-consumo: Reciclagens diversas, Remanufatura, Destruição certificada Revenda de produtos, Sistemas de informação no pós-consumo, Manufatura reversa, Equipamentos industriais, Consultorias, Pesquisas, Destinação final

 

Please reload

Entre em Contato

Cel: 011 - 981115203

clrb@clrb.com.br

  • Google+ Long Shadow
  • Facebook Long Shadow
  • LinkedIn Long Shadow
  • Twitter Long Shadow

© 2023 por Sandro Esteves. Orgulhosamente criado com Wix.com